sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Ocorrências Policiais de Vitória/ES e Região Desta Sexta Feira 26/08.

Trio é preso com espadas ninjas que seriam usadas para cortar as cabeças dos inimigos em Vila Velha.


Duas espadas foram apreendidas em poder de um homem na madrugada desta sexta-feira (26) em Ponta da Fruta em Vila Velha. Ao todo, três pessoas foram detidas na operação que também apreendeu revólveres, uma bomba e droga.

Rafael Araújo Ferreira, conhecido como "Timão", era quem estava com as espadas. Ele foi preso em uma casa durante uma operação reuniu 40 policias da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa de Vila Velha e do Núcleo de Gerenciamento e Operações Táticas, o Nugot. Em poder dele, os policiais ainda apreenderam uma submetralhadora 9 mm e uma pistola ponto 40.


"As armas são minhas, estão comigo, são minha proteção. Desde quando eu fugi da cadeia essas armas estão comigo. Com dinheiro você consegue comprar. Se você sair na rua perguntando quem tem pistola para vender, vão te vender. Comprei de um cara que vendia armas lá na Serra e paguei de R$ 4 a R$ 5 mil", contou Rafael.

Segundo a polícia, "Timão" é o mandante da tentativa de homicídio contra Franco Weksley Nascimento, que aconteceu no dia 15 de julho, no bairro Garoto, no mesmo município.

"Tudo leva a crer que ele realmente é o mandante dessa tentativa. Nós iniciamos as investigações, descobrimos que o Rafael, juntamente com o Bruno e com o Marcos, estavam comandando uma quadrilha de traficantes na região que vai de Jaburuna até Paul. Eles inclusive vêm tomando bocas de fumo, subtraindo drogas e dinheiro de rivais", disse o delegado Marcus Vinícius de Souza.
 
"Não estou nem sabendo das acusações que pesam contra mim. Só confirmo que essas armas são minhas e a espada também é minha. A balança de precisão estava comigo também, mas sem intenção nenhuma, porque não tinha nem droga para pesar nela, um "baseadinho", que tinha lá em casa e só.

As espadas eram de enfeite, não têm lâminas não. Era para enfeitar a minha casa. Pode passar o dedo. É a mesma que vende em shopping. Na casa de um monte de gente tem", alegou Rafael Araújo Ferreira.

Na mesma operação, os policiais prenderam Marcos Silva Santos, o "Zóião" e Bruno Marques. Com eles foram apreendidos mais armas, uma bomba de fabricação caseira, e pedra de crack.

Para a polícia, os suspeitos apresentaram outra versão: a de que utilizariam essas espadas para outra finalidade. "No momento da prisão, eles relataram que usariam essas para cortar as cabeças dos inimigos", comentou o delegado Marcus.

De acordo com a polícia, Timão e os outros dois homens que foram presos têm ligação com Geovani Monteiro, 25 anos, suspeito de integrar uma quadrilha responsável por, pelo menos, dez assassinatos nos bairros Ibes, Santa Inês e Jardim Guaranhuns, em Vila Velha.

Ele fugiu do Centro de Detenção Provisória de Viana no dia 20 de julho e foi recapturado pela polícia na madrugada do último dia 10, em uma casa alugada pelo cunhado, no bairro Cidade Continental, na Serra.

"Eles são amigos, inclusive, a mesma metralhadora que estava com o Geovani Monteiro estava com eles também", completou o delegado José Lopes.




Em apenas cinco dias, quase 20 homicídios foram registrados no Espírito Santo.

A beleza da vista contrasta com o medo de quem vive no Morro do Jaburu, que seguido da região da Grande São Pedro, é apontado pela polícia como o bairro de maior incidência de homicídios, em Vitória.
 
"A principal causa é a disputa por territórios de tráfico de drogas e rixas entre traficantes. Assim que percebem que o rival está desprotegido, se aproveitam da situação e acabam cometendo o crime que lhes interessa", disse o delegado Arthur Bogoni.

Em uma das ocorrências mais recentes no bairro Jaburu, um homem foi morto dentro de casa. Carlos Alberto Correa, de 43 anos, foi executado a tiros no momento em que a mulher denunciava à polícia que a residência estava sendo invadida por assaltantes.
 
O homicídio é um dos 17 registrados, nos últimos cinco dias no Espírito Santo. O número representa mais de três pessoas assassinadas a cada 24 horas. Para o delegado, esse período foi atípico. "Essa semana foi atípica, houve, infelizmente, um número de homicídios maior do que o registrado ao longo do mês e também do ano, no município de Vitória", comentou Bogoni.

O delegado lembra, no entanto, que de janeiro a 24 de agosto deste ano, a polícia registrou 78 homicídios, em Vitória. Menos do que os 95 contabilizados, no mesmo período, em 2010. "Infelizmente, 78 é um número muito alto, mas se comparado ao ano passado, houve uma redução", concluiu.



Pedreiro é preso após tentar estrangular filha de um ano em Vitória.


Um homem foi detido e levado ao Departamento de Polícia Judiciária (DPJ) de Vitória depois de ter se envolvido em uma confusão em um Centro de Vivência, no Bairro de Lourdes, em Vitória, na noite da última quinta-feira (25), onde a filha dele de um ano e seis meses está abrigada.
 
O pedreiro José Francisco Lessa, de 45 anos, foi ao Centro de Vivência visitar a filha, mas foi impedido de entrar pelos funcionários. Revoltado, o pedreiro conseguiu pegar a criança e passou a ameaçá-la. De acordo com testemunhas que estavam no local, ele tentou estrangular a própria filha.

O pedreiro precisou ser imobilizado por policiais militares para não machucar a menina, mas mesmo assim nega o que aconteceu. "Jamais eu vou matar e agredir uma filha minha. Eu prefiro morrer, mas não faço isso com uma filha minha e nem de ninguém. Eu respeito a lei e estou disposto à Justiça", disse o pedreiro.
 
José Francisco Lessa foi levado ao DPJ de Vitória e, de acordo com o delegado, vai responder por crime de tentativa de homicídio.


Adolescentes de 14 e 16 anos são apreendidos com armas em Vila Velha.

Dois adolescentes foram detidos com armas na noite de quinta-feira (25) no município de Vila Velha. Da delegacia, um dos jovens foi encaminhado para a UNIP, em Cariacica e, o outro, entregue à mãe.

Com o adolescente de 14 anos a polícia encontrou um revólver calibre 38, cinco munições, dois celulares e R$ 400 em dinheiro. Ele estava no bairro Guaranhuns, acompanhado de outros dois menores e de um homem. No momento da abordagem policial, o grupo seguia de táxi para um baile funk, em Coqueiral de Itaparica.

O menor alegou que usaria a arma para se defender das acusações de roubo, que estaria praticando em Novo México, onde mora. O adolescente foi encaminhado para a Unidade de Internação Provisória, em Cariacica.

O outro menor apreendido no município também estava com um revólver calibre 38.
O adolescente de 16 anos foi abordado em Cobilândia no momento em que policiais procuravam por dois homens armados, que tentaram roubar uma motocicleta no bairro.

Uma mulher que estava de carona na moto foi baleada na perna por um deles. Ela foi socorrida e encaminhada para o Hospital Antônio Bezerra de Faria.
 
No Departamento de Polícia Judiciária (DPJ) de Vila Velha, o menor, que estava com o revólver, assinou um termo circunstanciado e foi entregue à mãe.


fonte: Folha de Vitória

Nenhum comentário:

Postar um comentário