quinta-feira, 4 de agosto de 2011

Vitória: Ocorrências Policiais Desta Quinta-Feira 04/08.

Tranficantes fazem funk e utilizam voz de delegado para retratar ações criminosas em morro de  Vitória.


Com frases como "nós sobe, Com a frase " nós invade, sequestra e nós mata", a música criada a pedido de traficantes do Bairro da Penha revela como os criminosos agem para tomar as bocas de fumo de gangues rivais. Além disso, a letra do funk fala sobre a ocupação do Beco do Estrela e avisa sobre a próxima invasão, que segundo a música, será no Morro Jaburu.
Segundo a polícia, esse tipo de atitude já foi utilizada antes pelos traficantes, mas o que surpreendeu desta vez foi o fato de os MC’s utilizarem a voz do delegado da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Orly Fraga.


O trecho da entrevista concedida à equipe de reportagem da TV Vitória sobre um traficante foragido foi colocado no meio da música. A letra questiona a gangue rival e, em seguida, usa a voz do delegado explicando o possível paradeiro dele.
O delegado que teve a voz utilizada na música está indignado. "Eles utilizaram a minha voz para dar maior visibilidade a essa provocação. É comum utilizar principalmente o funk para fazer provocações a outros grupos criminosos.


A gente se sente indignado de ter a voz utilizada em uma música e fazendo apologia a um grupo rival do Bairro da Penha", disse Orly Fraga.
Segundo a polícia, a guerra para o domínio do tráfico de drogas na região de Gurigica, em Vitória, já dura pelo menos quatro anos. O último conflito entre os traficantes do Bairro da Penha e do Jaburu aconteceu em outubro do ano passado. Testemunhas disseram que dez homens armados invadiram o Morro do Jaburu e uma pessoa morreu durante a troca de tiros.
A Polícia Civil e o Ministério Público trabalham agora para identificar os responsáveis pelo funk e evitar que outros conflitos voltem a acontecer. "Nós estamos tentando identificar não só o autor da música, mas também as pessoas que são citadas nessa música que são traficantes do Bairro da Penha" comentou o delegado.

Mulher engole pedras de crack ao ser abordada por viatura policial em Vitória.

 



Uma mulher foi detida por suspeita de tráfico de drogas na manhã desta quinta-feira (04), na Vila Rubim, no Centro de Vitória. De acordo com a polícia, para fugir do flagrante, ela engoliu pedras de crack quando foi abordada.

O pedaço de sacola plástica usado para embalar as pedras de crack foi retirado pelos policiais da boca da mulher depois que ela engoliu a droga ao ser perseguida por eles.


A suspeita chorou e se desesperou quando foi presa. "Eu sou só usuária de crack. Eu não engoli pedra nenhuma. Minha filha, de dez anos, e meu filho, de sete, vendo isso, vocês acham isso bonito né? Eu não sou traficante não, sou usuária" disse a mulher.


O trabalho mobilizou quatro viaturas da Polícia Militar e despertou a curiosidade de comerciantes e consumidores na avenida Duarte Lemos. As imagens geradas por uma câmera de videomonitoramento instalada na Vila Rubim foram a chave para que o Centro Integrado de Operações e Defesa Social (Ciodes) acionasse a polícia.


A mulher foi levada para o Delegacia de Polícia Militar do bairro, revistada por uma soldada e, depois, levada para a Delegacia de Polícia do Centro da capital.

Homem é morto com golpes de faca e tem o corpo queimado em Cariacica.

 



Antônio de Paulo Neto, um pedreiro de 48 anos, foi morto a facadas dentro da própria casa no bairro Vista Linda em Cariacica.  O crime aconteceu na noite de quarta-feira (03) e deixou os familiares da vítima abalados com a crueldade do crime.
Além de sofrer os golpes de faca, o homem teve o corpo

 queimado e parte da residência foi atingida pelo fogo. No quarto onde ocorreu o crime foi encontrada a possível arma do crime e vários objetos estavam espalhados pelo local, dando sinais de que houve luta corporal.


A irmã de Antônio, Ângela Maria Neto Veiga está muito abalada. "É horrível, porque com ele já perdi três, é horrível mesmo, não e fácil". Já a viúva do pedreiro, a doméstica Vera Lúcia dos Santos parece não acreditar na morte do marido e conta como foi o último contato com a vítima antes de ser morto. "Eram 16h16 a hora que ele passou na igreja que eu estava limpando e disse para eu ir para casa fazer janta, pois ele havia comprado carne".


Segundo a viúva a vitima não sofria nenhuma ameaça de morte. Apenas tinha um dinheiro para receber referente a uma ação trabalhista, mas ela descarta ser essa a motivação do assassinato.
Os moradores da rua Vitório Viana preferem não comentar o homicídio. Já os familiares acreditam na hipótese de Antonio ter reagido a um assalto.


Os investigadores do caso trabalham com várias hipóteses, entre elas crime de mando, pois nenhum objeto da residência foi levado. Mesmo assim, eles não descartam a chance de assalto.

Polícia divulga foto de traficante que traz armas e drogas do Paraguai para a Serra.

A Delegacia de Crimes Contra a Vida (DCCV) da Serra divulgou, nesta quinta-feira (04), a foto do traficante Pablo Veronese Santos, vulgo Pablo Escobar.

Ele é responsável por gerenciar o tráfico de drogas na localidade de Paredão, no bairro Jardim Limoeiro, com atuação também em Novo Horizonte.

Além disso, possui mandado de prisão preventiva em aberto por homicídio.

O bandido conseguiu fugir de um cerco policial na tarde desta quarta-feira (03) após ter abandonado o veículo em que estava. Pablo Escobar é considerado muito perigoso pela polícia e também negocia compra de armas e drogas diretamente no Paraguai. Depois faz, pessoalmente, o transporte para o Espírito Santo e negocia a venda para traficantes da Grande Vitória.

Denúncias anônimas podem ser feitas no telefone 181 do disk denúncia.


Fonte: Rádio Itaperuna 1410 AM/Folha de Vitória.

Nenhum comentário:

Postar um comentário