terça-feira, 9 de agosto de 2011

Ocorrências Policiais de Vitória e Região Nesta Terça-Feira 09/08.

Costureira encontrada morta a facadas após pedir proteção contra o marido em Vila Velha.



Uma costureira de 49 anos foi encontrada morta na manhã desta terça-feira (09). O corpo da mulher estava escondido dentro do banheiro da casa onde ela morava com os filhos, no bairro Capuaba, em Vila Velha.
Anita Sampaio foi assassinada com mais de dez facadas e o principal suspeito de ter cometido o crime é o marido dela, o pedreiro Euci de Souza Leite.

"Ele tinha ciúmes dela. O perfil dele é psicopata daquele tipo que pensa que a mulher tem que ficar com ele para o resto da vida apesar dele estar maltratando. Quando ela saiu e não quis mais nada com ele por causa da violência doméstica, a Justiça determinou que ele se afastasse.

Ele voltou e as minhas sobrinhas colocaram ele de volta aí dentro. Eu avisei que ele ia matar minha irmã, mas elas disseram que ele não iria fazer nada, que ele estava arrependido. Nessa oportunidade ele a matou", contou um irmão da vítima, Ronildo Sampaio.
 
A nora de Anita disse que conversou por telefone com a costureira minutos antes do assassinato. A mulher teria pedido que a nora fosse até sua casa. "Ele esperou eu gritar bastante e depois falou: 'ela não está aí não, ela saiu e eu já cansei de gritar por ela, mas ela não me atende'. Acredito que nessa hora ela já estava morta", disse Nete Pereira.

Segundo a família, desde o início do ano Anita só saía de casa com a declaração de medida protetiva dentro da bolsa. Na teoria, o documento elaborado pela Justiça protegia a costureira das ameaças e agressões do marido.

De acordo com a família, na prática, a costureira vivia com medo porque o marido nunca ficou preso, apesar de ter ido parar na delegacia três vezes por causa da Lei Maria da Penha.

"Nós viemos com a Justiça, tiramos ele daqui e o levamos para o DPJ de Vila Velha conduzido por dois policiais. Na delegacia o casal foi ouvido e depois foi estipulada uma fiança de R$ 183 e liberaram ele.
Ele retornou para o mesmo local e aconteceu isso. Por R$ 183 liberaram ele e ele tirou a vida da minha irmã", afirmou o irmão da vítima, Ronaldo Sampaio.
 
A polícia ainda vai investigar se foi o marido mesmo que matou Anita. Por enquanto ele é tido apenas como suspeito e está desaparecido. Testemunhas disseram que viram Euci de Souza Leite sair do bairro com uma moto vermelha.

Qualquer informação que pode ajudar a polícia a chegar ao suspeito pode ser comunicada através do Disque Denúncia 181.




Homem é morto com vários tiros na principal via em bairro de Cariacica.


Um homem foi atingido com vários tiros, na noite desta segunda-feira (09), na principal via do bairro Rio Marinho, em Cariacica. Valdenor de Almeida havia acabado de deixar a namorada em casa e iria encontrar o patrão em um bar. Porém, no caminho foi abordado por um homem em uma moto que não se intimidou com a movimentação de pessoas e atirou várias vezes.
A vítima foi socorrida por populares em uma caminhonete. No caminho para o hospital, o veículo particular recebeu o auxílio do Serviço de Urgência do Samu.

Os paramédicos utilizaram cilindros de oxigênio para reanimar Valdenor, mas o estado dele era grave.

A namorada da vítima chegou ao local e parecia não acreditar no que estava acontecendo. Ela preferiu não gravar entrevista, mas disse que o rapaz não possuía envolvimento com drogas e não havia se desentendido com ninguém.

Valdenor foi socorrido para o hospital Antonio Bezerra de Faria, em Vila Velha, mas morreu momentos depois de dar entrada no pronto socorro.


fonte: Folha de Vitória

Nenhum comentário:

Postar um comentário