sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

Após anúncio da paralisação das policias e bombeiros, ondas de boatos assolaram a cidade nesta sexta-feira 10/02.

Fotos: Cadê Campos.
Após ser anunciada a paralisação dos policiais e bombeiros em campos, uma onda de boatos assolou a cidade durante toda a tarde e início de noite desta sexta-feira 10/02.

O primeiro foi de que uma série de arrastões estava acontecendo na área central da cidade, com lojas sendo saqueadas.

O outro foi de que teria acontecido uma troca de tiros na área de Guarus, e a outra foi de que uma loja teria sido saqueada na Avenida Alberto Torres no centro da cidade.





Homem baleado no Parque Aldeia em Guarus.


Arquivo

Um homem foi baleado na noite desta sexta-feira 10/02 no Parque Aldeia em Guarus. A vítima ainda sem identificação foi levada para o HFM, onde se encontra em observação médica.

A Tentativa de homicídio foi registrada na 134ª Dp/Centro para investigação.


Tentativa de assalto á salão de beleza no centro da cidade.


Arquivo
Três homens tentaram assaltar um salão de beleza na Rua Marechal deodoro, perto da FDC no início da noite desta sexta-feira 10/02.

Segundo informações das pessoas que estavammno salão na hora da tentativa de assalto, os tres homens chegaram e pediram para abrir a porta, uma vez que devido a onda de boatos na cidade de arrastões, fez com que a gerente pedisse a um segurança do quarteirão, passasse a chave na porta.

Uma cliente que estava aguardando um carro para apanh´-la, foi assaltada pelos elementos, que não conseguiram entrar no salão, mesmo depois de dispararem dois tiros na maçaneta da porta do salão.

A polícia foi acionada pelo marido de uma das funcionárias do salão, que escondida ligou para oesposo que é Guarda Municipal aqui em campos.

As viaturas da polícia chegaram em poucos minutos, mais os bandidos já tinha fugido seguindo em direção ao centro da cidade.

Buscas foram feitas e nenhum dos três elementos foi preso.





Polícia militar estoura laboratóriode cultivo de maconha hidropônica no Jóquey 2 em Campos.


Divulgação
 a polícia militar estourou um laboratório super sofisticado de cultivo de maconha hidropônica, no bairro Jóquey 2, na manhã desta sexta-feira 10/02.

Segundo informações, os policiais só chegaram até o sofisticado labratótio, depois da prisão de Guilherme Silva Ribeiro de 27 anos, que foi preso no Parque corintes com quase 250gs de sementes de maconha hidropônica.

na casa onde funcionava o laboratório, a polícia deteve a esposa do Guilherme e uma outra pessoa ainda não identificada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário