sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

POLÍCIA FEDERAL, SECRETARIA DE SEGURANÇA E MPE DEFLAGRAM OPERAÇÃO GUILHOTINA NO RIO.

A Polícia Federal no Rio de Janeiro, em conjunto com a Secretaria de Segurança Pública do Estado e o Ministério Público Estadual, deflagrou nesta manhã, 11/02, a Operação Guilhotina, que visa dar cumprimento a 45 mandados de prisão preventiva, sendo 11 contra policiais civis e 21 contra policiais militares e a 48 mandados de busca e apreensão.


operação policial iniciou a partir de vazamento de informação numa operação policial que era conduzida pela Delegacia de Polícia Federal em Macaé, denominada Operação Paralelo 22, que tinha como principal objetivo prender o traficante conhecido como “RUPINOL”, que atuava na favela da Rocinha junto com o traficante conhecido como “NEM”.


A partir daí, duas investigações paralelas foram iniciadas, uma da Corregedoria Geral Unificada da Secretaria de Segurança do Rio e outra da Superintendência da Polícia Federal no Rio de Janeiro. A troca de informações entre os serviços de inteligência das duas instituições deu origem ao trabalho conjunto desta manhã.

A Operação Guilhotina, com o cumprimento dos referidos mandados, colocará fim à atuação de um grupo criminoso formado por policiais civis e militares e informantes envolvidos com o tráfico ilícito de drogas, armas e munições, com a segurança de pontos de jogos clandestinos (máquinas de caça-níqueis e jogo do bicho), venda de informações policiais e com milícias, além de se dedicarem ao que se chama “Espólio de Guerra”, que é a subtração de produtos de crime encontrados em operações policiais, como ocorrido na recente operação de ocupação do Complexo do Alemão, retroalimentando a atividades criminosas de grupos de traficantes que atuam no Rio de Janeiro.

As forças estaduais destacaram hoje 200 homens, além de dois helicópteros e quatro lanchas. As equipes da Polícia Federal empregam um efetivo de 380 homens.

Os representantes das três instituições responsáveis pelo trabalho de hoje – a PF, Seseg e MP – vão participar de uma coletiva com a imprensa às 10h30min, na Sede da Superintendência da Polícia Federal no Rio de Janeiro.

Comunicação Social /Superintendência Regional da PF no Rio de Janeiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário