sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Sete Policiais Militares e um Homem Presos em Campos na Operação " Fim da Linha".

Sete policiais militares foram presos durante a Operação Fim da Linha, comandada pelo Ministério Público, na manhã desta sexta-feira(02/12), em Campos. Eles são suspeitos de matarem três envolvidos com o tráfico de drogas.

O primeiro caso ocorreu  em setembro de 2009, em Campos. De acordo com os promotores Rômulo Santos Silva e Bruno Gaspar de Oliveira,  os policiais participaram das mortes de Michael Barcelos Pereira Cabral, Sandro Rogério Gomes e Carlos Augusto da Rocha, nas proximidades da Igreja do Saco, no parque Leopoldina.  

Pelo triplo homicídio foram  indiciados cinco policiais militares:  Douglas Vasconcelos Mendonça, Omar Pereira Bacellar Júnior, Leonardo D’Oliveira Mayerhoffer, Luís Felipe Gomes de Moura e Anderson Gutemberg Lapa da Fonseca.

O civil indiciado também pela participação no triplo homicídio  trata-se de Ivaldo Ferreira dos Santos Júnior, cunhado do PM Bacellar.

Segundo levantamento da equipe do  GAECO (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) do Ministério Público Estadual ao tráfico de drogas , as vítimas do triplo homicídio foram executadas porque eram suspeitas de envolvimento com o tráfico de drogas.

Numa segunda investigação, outros policiais militares foram presos: Cabo João Marcelo Manhães e o Soldado Josimar de Souza. Eles são acusados da morte de Glaidson da Silva Rodrigues, 17 anos, crime ocorrido em setembro de 2010. Glaidson também teria sido morto por suspeita de envolvimento com o tráfico de drogas em Campos.

Os policias militares presos foram ouvidos na 134ª Delegacia de Polícia e serão conduzidos ao Batalhão Especial Prisional (BEP), em Benfica, no Rio de Janeiro .
 


Nenhum comentário:

Postar um comentário