domingo, 15 de abril de 2012

Ocorrências do Sábado 14/04 em Campos.


Acidente na Baixada envolvendo dois carros de passeio e uma moto deixa motociclista morto na RJ 216 Campos/Farol.

Arquivo
Um jovem de 19 anos morreu num acidente por volta das 22h30 deste sábado (14/04), na RJ 216, em Campo Limpo. Rodolfo Manhães de Almeida pilotava a moto Sundow-Web, que foi abalroada pelo Fiat Strada MRR 7378 – ES, dirigido por Ericson Gomes Monteiro, também de 19 anos, em direção a Farol.

A Honda Titan, MQM 8606 – RJ, também foi albalroada pelo mesmo veículo. No acidente, outras quatro pessoas  ficaram feridas e foram levadas para o Hospital Ferreira Machado, em Campos.

Estão em observação o condutor da Titan, Wagner Cláudio Pereira, 21 anos e a carona L.B.R., 16 anos, além do condutor do Fiat, e o carona da outra moto, Alessandro da Silva de Souza, 18 anos.

Jovem é assassinado a tiros no Parque Cidade de Luz em Guarus.

Mais um homicídio registrado em Campos. Wellington Severino da Mota, de 19 anos, foi assassinado, com pelo menos dois tiros, na noite deste sábado (14/04), no Parque Cidade Luz, em Guarus.

Segundo informações da Polícia Militar, após denúncia de que um jovem teria sido morto, por volta das 22h, na Avenida Rio Grande do Sul com Rua Minas Gerais, policiais foram até o local e constataram o fato.

Ainda de acordo com os agentes, quando os policiais chegaram a vítima já estava morta. Wellington foi alvejado com um tiro na cabeça e outro na região do abdômen.

A vítima foi levada para o Instituto Médico Legal (IML) de Campos, onde posteriormente será liberada para sepultamento. O caso foi registrado na 146ª Delegacia de Polícia (Guarus), para ser investigado.


Policiais Militares do GAT II (Grupo de Ações Táticas) estouraram no final da tarde deste sábado (14/04) uma refinaria de drogas em uma casa no Parque Guarus, em Campos.

Fotos: Ururau
A polícia chegou ao local, na Rua Beira Lago, através de uma denúncia anônima. 

Segundo a PM quando eles entraram na casa Pablo Mendes Tavares, 29 anos, jogou sacos 
plásticos no quintal da residência ao lado. 


Dentro das sacolas estavam vasilhas utilizadas por ele para o refino da droga.

Dentro da casa a PM localizou seis quilos de cocaína pura, entre material pronto para vender ou ainda em pasta base; um quilo e meio de crack; duas balanças de precisão; R$ 1,1 em espécie; dois cheques no valor de R$ 800; sete celulares; uma pistola alemã; farto material para endolação e muitas panelas, prato, vasilhas e colheres usadas para misturar a droga em outros materiais.

De acordo com os policiais do GAT II comandados pelo Sargento Soares, Pablo era motorista de van que fazia a linha Centro/Eldorado. Ele teria confessado que comprou o material no valor de R$ 40 mil, tendo dado uma entrada de R$ 8 mil e o restante vinha sendo pago em prestações semanais de R$ 2 mil.

Os policiais também acreditam que o homem entregava droga em domicílio. Durante a apreensão e já na delegacia um dos celulares de Pablo não parou de tocar. Os policiais chegaram a atender algumas ligações e em uma delas um homem fez uma encomenda.

O valor de prejuízo para o tráfico não havia sido calculado pela polícia, mas é certo que o valor pelo menos seria dobrado, já o material bruto era misturado a outros para render maior quantidade e assim ser preparado para venda.

O caso foi registrado na 134ª Delegacia Legal do Centro.

Fonte: Ururau

Nenhum comentário:

Postar um comentário