sexta-feira, 11 de maio de 2012

Polícia encontra carga roubada na casa de policial militar reformado em Guarus.


Fotos: Rone Pereira
A Polícia Militar encontrou na noite desta quinta-feira (10/05), numa casa num condomínio de classe média na Avenida Nazário Pereira Gomes, no Fundão, um depósito de carga roubada. 

O material foi encontrado num dos cômodos da casa, onde o policial reformado, Edilson de Souza Alvarenga, 46 anos mora com a esposa Maria Cristina Alvarenga, 48.

De acordo com o boletim de ocorrências feito na 146ª Delegacia de Polícia de Guarus, no final da noite, por volta das 23h, policiais civis, comandados pela delegada assistente, Madeleine Farias Rangel, receberam informações da empresa que atua em rastreamento de carga e foram até o local. 

Ao chegarem, os agentes flagraram o momento no qual dois homens descarregavam vários produtos na residência.

Ainda segundo o BO, o motorista Haroldo Pacífico da Silva, 37 anos, e seu ajudante, Leandro Neto Monteiro, 30, estavam no caminhão de placa ODF – 3690, que segundo o registro, havia sido roubado na BR-101, Km 135, tendo sido feita a ocorrência na delegacia do município de Silva Jardim, na Baixada Litorânea.

No interior da casa ainda foram encontrados diversos produtos, além dos que já estavam sendo descarregadas, cerca de uma tonelada, relacionados a outros roubos de carga.

Também foram encontradas diversas notas fiscais de produtos farmacêuticos do Laboratório Teuto, que servirão para instruir outra investigação que determinará se estas notas seriam de produtos roubados do laboratório.

A residência do policial reformado estava cheia de produtos de roupas, calçados, cama, mesa e banho, utensílios domésticos, material de informática, produtos cosméticos, farmacêuticos e suplementos alimentares.

A delegada da 146ª DP disse que, a partir do desdobramento das investigações, nesta sexta-feira (11/05), foram encontrados os proprietários das cargas, dentre eles a Loja de Departamentos Leader, que vinculam os presos a outros roubos.

“As estatísticas apontam que há no eixo rodoviário entre a cidade de Itaboraí até Espírito Santo, uma intensa atividade de roubo de carga que, por sua vez, desova estes produtos em cidades da região, e Campos é o maior mercado consumidor por sua importância e localização. 

Por isso, determinamos uma investigação em bloco que reúna todos estes dados para identificar as várias quadrilhas, como esta que acabamos de prender”, destacou a delegada.

A esposa do suspeito teria negado a existência da carga, porém em seu quarto foi encontrado parte do material. 

Ela foi presa junto com o motorista e o ajudante, por receptação e formação de quadrilha. O policial reformado está foragido.

Fonte: Ururau

2 comentários:

  1. essas nfs são de são paulo e foram roubados uma semana antes deste fato e na mesma região do rio de janeiro e ate agora não tem noticia do caminhão e nem da carga sou amigo do dono do caminhão e trabalho na empresa teuto

    ResponderExcluir
  2. trabalho na empresa teuto e na transportadora e ate agora não tem noticia dessa carga e do caminhão sou amigo do dono do caminhão e so queremos o carro devolta

    ResponderExcluir