terça-feira, 13 de setembro de 2011

Ocorrências Policiais Desta Terça-Feira 13/09 em Campos e Região.

Homem Assassinado no Parque Aldeia em Guarus.


Nassai Leite Barroso, 41 anos, foi morto com três tiros, sendo dois na cabeça e um no abdômen, na noite desta segunda-feira (12), no Parque Aldeia, em Guarus, Campos.

O crime aconteceu na Rua João Damasceno, por volta das 21h, sendo que a vítima ainda chegou a ser socorrida por uma equipe do Corpo de Bombeiros e levada para o Hospital Ferreira Machado (HFM), mas não resistiua gravidade dos ferimentos e veio a falecer.

De acordo com a Polícia, quando chegou aos local, Nassai estava sendo socorrido, não sendo possível obter mais detalhes sobre a autoria do crime.

O corpo foi removido nesta madrugada pelo rabecão do Corpo de Bombeiros para o Instituto Médico Legal (IML/Campos).

Policiais da 146ª Delegacia de Polícia (DP/Guarus) investigam o homicídio.


Atentado á Tiros em São Fidélis.


Leonardo Pedro da Silva, 21 anos, sofreu atentado a tiros na noite desta segunda-feira (12), por volta das 22h, no Bairro Chatuba, no município de São Fidélis. O atentado teria motivação passional.

O jovem, atingido no abdômen e na perna esquerda, foi socorrido e levado para o Hospital Armando Vidal, no município, onde ficou em observação.

A Polícia Militar chegou a deter um suspeito do crime, que foi encaminhado à 141ª Delegacia de Polícia (DP/São Fidélis) e liberado por falta de provas.


8 Presos em Quissamã.


Foto Roni Sousa

Oito pessoas foram detidas na tarde desta segunda feira, 12/09, sendo 4 maiores de idade e 3 menores suspeitos de terem praticado o furto na escola municipal professora Tânia Regina de Paula, situada no bairro do Alto Alegre em Quissamã; onde após efetuarem o furto, atearam fogo na referida escola.

O furto teria acontecido no Domingo (11/09).

Houve a recuperação de alguns objetos e segundo o Delegado Márcio Caldas, essa quadrilha é composta por 14 elementos, que em cerca de dois meses, cometeram vários furtos em Quissamã e região.

A polícia aguarda que algumas vítimas, possam identificar esses elementos na delegacia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário